quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O PAI DA CRIANÇA

SE O FILHO É BONITO E COM SAÚDE...TODO MUNDO QUER SER O "PAI DA CRIANÇA".

Quando uma menina que namora com vários rapazes ao mesmo tempo ou, simplesmente, como dizem os jovens, está "ficando" aparece grávida, nenhum dos ficantes, quer assumir a paternidade. Ao contrário é a maneira que algumas pessoas agem na tentativa de se passarem por responsáveis pela solução de um problema ou, na conquista de algo bom. Depois de alguma conquista ou de um problema solucionado, aparecem várias pessoas para reivindicar a "paternidade". Todos querem ser o "Pai da Criança".

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

PATRULHA MECANIZADA REALIZA SERVIÇOS PARA AGRICULTORES EM MANDAGUAÇU.

Israel Silva, acompanhando mais um trabalho da Patrulha Mecanizada.
Equipamentos agrícolas estão disponíveis para utilização por parte dos pequenos e médios produtores rurais de Mandaguaçu.

A Patrulha é destinada à prestação de serviços para pequenas e médias propriedades rurais, visando o aumento da produção e a diversificação dos sistemas produtivos, elevando a renda e consequentemente melhorando as condições de vida da população. As máquinas e tratores auxiliam no preparo, manejo e recuperação do solo das propriedades.
Segundo Israel da Silva, coordenador municipal da Patrulha Mecanizada, " O projeto visa beneficiar a agricultura familiar, que muitas vezes passa por dificuldades, não somente para plantar ou colher, mas pela falta de acesso. Os produtores rurais a partir desta iniciativa municipal têm a facilidade de usufruir deste grande benefício".
A prefeitura municipal, através do Prefeito Dr. Ismael Ibraim Fouani, com este trabalho, cumpre com compromissos assumidos em seu Plano de Governo.
Mais informações: (44) 3245 5741.
Grade terraceadora. Readequada e aumentada. Parceria Prefeitura Municipal e Produtores de Grãos.

PROJETO DE PROTEÇÃO DE NASCENTES.

Acompanhando trabalho de preservação.
Projeto visa proteger recursos hídricos e garantir a qualidade da água.


Estivemos hoje na propriedade da Família Fenato, na estrada 150,  acompanhando trabalho de recuperação e proteção de uma nascente de água.  A técnica utilizada pela família, é a do solo-cimento, que é muito satisfatória, pois com ela é possível um bom selamento, evitando que a água da nascente tenha contato com fatores externos que venham contaminá-la.  A Pedagoga da Emater de Mandaguaçu, Joana de Brito,  lembra que, além disso, esse método utiliza um material material com alta durabilidade e ótima resistência, sem agredir o meio ambiente contribuindo com a preservação das nascentes e mananciais.
Solo Cimento.
A técnica de aplicação de solo-cimento consiste na aplicação de uma massa, obtida da mistura entre cimento e barro que cria uma camada protetora fechando completamente a fonte. O primeiro passo para o procedimento da técnica é a limpeza da área no entorno da nascente e a construção de um banco de pedras, que auxilia na retirada das impurezas, seguido da colocação do cano ladrão para a saída da água, finalizando com a massa. Tecnologia alternativa simples e de baixo custo, a técnica solo-cimento garante proteção por tempo indeterminado do local.
A ideia, é implantar este projeto nos percursos da Caminhada da Natureza, que acontece anualmente em dois circuítos em Mandaguaçu. 
Mais informações: Emater - (44) 3245-3122 Joana de Brito (44) 3245.5741 Agricultura. Israel Silva.

MAIS FOTOS



 



quinta-feira, 13 de agosto de 2015

BR 376: AUTORIZADA A DUPLICAÇÃO ENTRE NOVA ESPERANÇA E PARANAVAI.

Obras de duplicação entre Mandaguaçu e Nova Esperança.
De acordo com o governo, obra de 30 km deve custar R$ 214 milhões.
Duplicação deve beneficiar mais de 605 mil moradores de 15 municípios.

O Governo do Paraná autorizou a duplicação do trecho de 30 quilômetros da rodovia BR-376 que liga Nova Esperança a Paranavaí, no noroeste do Paraná. A liberação da obra foi anunciada na tarde de quarta-feira (12) em uma reunião entre o governador Beto Richa (PSDB) e prefeitos da região.  A duplicação deve custar R$ 214 milhões e será feito pela concessionária Viapar.

A duplicação era uma demanda antiga dos mais de 605 mil moradores de 18 municípios do noroeste. De acordo com o governo do estado, o projeto da obra deve ser entregue até o fim do ano e o início das obras está previsto para 2016. A rodovia deve ser entregue em 2018.
Atualmente, a BR-376 é duplicada de Maringá a Mandaguaçu, no norte, mas a Concessionária Viapar está ampliando um trecho de 22,6 km entre Mandaguaçu e Nova Esperança.  Essa obra começou em outubro de 2014 e a conclusão está prevista para o fim deste ano. A ampliação deve custar R$ 145 milhões. 

A Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística informou ainda que mais de 10 mil veículos passam por este trecho da rodovia diariamente. A rodovia federal ainda é responsável pelo escoamento da safra de grãos do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, uma vez que os caminhões passam pela estrada em direção ao Porto de Paranaguá.A Concessionária Viapar informou que a duplicação não deve ser motivo para o reajuste da tarifa do pedágio que fica em Presidente Castelo Branco ou para a criação de mais uma praça de pedágio.
Com Informações: g1.globo.com.

Mais uma Caminhada na Natureza sendo preparada em Mandaguaçu.

Depois do grande sucesso da Caminhada na Natureza, realizada em maio de 2015 em Mandaguaçu, estamos preparando mais um grande evento. Desta vez a trilha será na região de Pulinólpolis. Assim que o roteiro estiver pronto, divulgaremos. Aguardem.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Duplicação da BR 376, entre Mandaguaçu e Nova Esperança. Confira como irão ficar alguns acessos.

A duplicação da BR 376, trecho entre os municípios de Mandaguaçu e Nova Esperança, Passando por Presidente Castelo Branco, segue em ritmo acelerado. A obra está prevista para terminar em dezembro de 2016 e terá um investimento de R$ 130 milhões de reais.







segunda-feira, 5 de maio de 2014

HANDEBOL DE MANDAGUAÇU NA DISPUTA DO CAMPEONATO PARANAENSE DA 1ª DIVISÃO

Após perder para a equipe de Cascavel, Mandaguaçu se recupera em cima de Florai.

“Pau a pau” é a expressão popular que mais se enquadra para definir o que foi a partida na manhã deste domingo (4), entre Mandaguaçu e Floraí, válida pela primeira etapa do Campeonato Paranaense de Handebol Divisão Especial. As equipes femininas fizeram uma partida acirrada até o final no Ginásio São Cristóvão, em Cascavel, onde prevaleceu a velocidade de Mandaguaçu, que venceu a partida por 33 a 27.


No começo do jogo, os dois times revezavam a liderança no placar. Errando menos, Mandaguaçu conseguiu ir para o intervalo em vantagem com 13 a 12 no marcador. Na metade final do segundo tempo, Mandaguaçu encaixou seu ritmo de jogo, sobretudo com jogadas de contra-ataque, e conseguiu abrir vantagem que administrou até o fim da partida.

Vindas de uma derrota na primeira partida deste fim de semana (3 e 4 de maio) para Cascavel por 36 a 15, o técnico de Mandaguaçu, Marlon Araújo, enalteceu a vitória na segunda partida. “Por ser a primeira vez que temos um time na Divisão Especial do Paranaense estamos muito satisfeitos com a primeira etapa realizada em Cascavel. É um time bastante jovem, que ainda vai amadurecer. Apostamos na formação de um conjunto forte. Essa vitória de hoje nos motiva a continuar buscando os resultados positivos”, analisou ele.

Jogadora destaque
Eleita a melhor em quadra na partida deste domingo, a armadora de Mandaguaçu, Thamires Sousa elogiou o grupo novato que agora faz parte. “Passei por alguns times fortes do Paraná, como Cascavel e Umuarama. Cheguei em Mandaguaçu para somar. Não sou melhor que nenhuma de minhas colegas, que trabalham bastante para estar em quadra. É uma troca de experiências mesmo, e eu estou muito feliz”, comentou.

O Campeonato Paranaense de Handebol Divisão Especial é uma realização da Liga de Handebol do Paraná (LHPR) com o apoio da Prefeitura Municipal de Cascavel, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo, Confederação Brasileira de Handebol, APAH, Kagiva e Caio Eventos.

Luciano Neves – Assessoria LHPR
DRT 7866